Estudo sobre a relação do preço e dos gastos com propaganda com Top of Mind das marcas de cerveja com maior market share no mercado brasileiro

Autores

  • Kayline da Silva Gomes Moreira Universidade de Fortaleza (UNIFOR)
  • Gabriel de Sousa Rodrigues Universidade de Fortaleza (UNIFOR)
  • Luan Matias Rocha Universidade de Fortaleza (UNIFOR)
  • Marcus Antônio Cunha Bezerra Universidade de Fortaleza (UNIFOR)
  • José Sarto Freire Castelo Universidade de Fortaleza (UNIFOR)

Palavras-chave:

Cerveja, Mercado Cervejeiro, Top of Mind, Preço, Gastos com Propaganda

Resumo

Este estudo investigou a relação das variáveis preço e gastos com propagandas com o Top of Mind de marcas de cerveja no Brasil, respondendo à seguinte questão: as variáveis preço e gastos com propaganda explicam o Top of Mind das marcas de cerveja por ordem de lembrança? Realizou-se uma pesquisa com uma amostra não probabilística por conveniência utilizando a técnica snowball sampling que resultou em uma amostra de 338 participantes válidos. Os questionários continham as marcas de cerveja listadas no ranking do relatório do Euromonitor (2020), sendo destinados aos respondentes via redes sociais. Foram rodados dois modelos de regressão linear simples, utilizando o método dos Mínimos Quadrados Ordinários por meio do software IBM SPSS, tendo como variável dependente o Top of Mind e as variáveis explicativas preço e gastos com propaganda, respectivamente. Os resultados mostram uma certa heterogeneidade nos efeitos de preço e gastos com propaganda na percepção dos respondentes das marcas de cerveja mais lembradas. Verificou-se que a variável gastos com propaganda explica o Top of Mind de duas das 5 marcas de cerveja mais lembradas pelos participantes da pesquisa, enquanto a variável preço explica 4 das 5 marcas de cerveja mais lembradas.

Referências

Aaker, D. A. (1998). Marcas: brand equity: gerenciando o valor da marca. Gulf Professional Publishing.

Baptista, P. D. P. (2005). Lealdade do consumidor e os seus antecedentes: um estudo aplicado ao setor varejista na Internet (Dissertação de Doutorado, Universidade de São Paulo).

Baptista, S. G., & Cunha, M. B. D. (2007). Estudo de usuários: visão global dos métodos de coleta de dados. Perspectivas em ciência da informação, 12(2), 168-184.

Bei, L. T., & Chiao, Y. C. (2001). An integrated model for the effects of perceived product, perceived service quality, and perceived price fairness on consumer satisfaction and loyalty. Journal of consumer satisfaction, dissatisfaction and complaining behavior, 14, 125.

Bennett, P. D. (1998). Dictionary of Marketing Terms, Chicago, American Marketing Association, 1995, pg. 287. BERMAN, Barry; EVANS, Joel R.. Retail Management: A Strategic Approach. Upper Saddle River, Prentice Hall.

Churchill, G. A., & Iacobucci, D. (2006). Marketing research: methodological foundations. New York: Dryden Press.

Clarke, C. E., Hart, P. S., Schuldt, J. P., Evensen, D. T., Boudet, H. S., Jacquet, J. B., & Stedman, R. C. (2015). Public opinion on energy development: the interplay of issue framing, top-of-mind associations, and political ideology. Energy Policy, 81, 131-140.

Coelho-Costa, E. R. (2015). A bebida de Ninkasi em terras tupiniquins: O mercado da cerveja e o Turismo Cervejeiro no Brasil. RITUR-Revista Iberoamericana de Turismo, 5(1), 22-41.

Coutinho, C. A. T., Silva e Quintela, C. A. & Panzani, M. M. Cervesia - A história da cerveja no Brasil. Com.br. Recuperado 6 de maio de 2022, de https://www.cervesia.com.br/artigos-tecnicos/cerveja/historia-da-cerveja/2-a-historia-da-cerveja-no-brasil.html

Euromonitor International (2020). Beer in Brazil - Analysis.

Featherstone, M. (1995). Cultura de consumo e pós-modernismo. Studio Nobel.

Gil, A. C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas.

Gil, A. C. (2008). Como elaborar projetos de pesquisa (Vol. 4). São Paulo: Atlas.

Godey, B., & Lai, C. (2011). Construction of international brand portfolios: impact on local brands. Journal of Product & Brand Management.

Keller, K. L., Machado, M., & Marques, A. S. (2005). Gestão estratégica de marcas. São Paulo: Pearson Educación.

Kotler, P. (1998). Administração de marketing: análise, planejamento, implementação e controle (5. ed). São Paulo: Atlas.

Kotler, P., & Keller, K. L. (2012). Administração de marketing: a bíblia do marketing. São Paulo.

Las Casas, A. L. (2009). Marketing: conceitos, exercícios, casos (8 ed.). São Paulo: Atlas.

Lee, M. Y., Knight, D., & Kim, Y. K. (2008). Brand analysis of a US global brand in comparison with domestic brands in Mexico, Korea, and Japan. Journal of product & brand management.

Luft, M. (2020). O marketing de experiência no mercado cervejeiro artesanal.

Martins, J. R. (2017). Pesquisa de marketing. São Paulo: Atlas.

Muniz, K. M., & Marchetti, R. Z. (2012). Brand personality dimensions in the Brazilian context. BAR-Brazilian Administration Review, 9(2), 168-188.

Perin, M. G., Sampaio, C. H., Froemming, L. M. S., & Luce, F. B. (2002). Pesquisa survey em artigos de marketing nos ENANPADs da década de 90. Revista interdisciplinar de Marketing, 1(1), 44-59.

Rajagopal, P., & Montgomery, N. V. (2011). I imagine, I experience, I like: The false experience effect. Journal of Consumer Research, 38(3), 578-594.

SHETH, J., MITTAL, B., & Newman, B. (2001). Comportamento do cliente: indo além do comportamento do consumidor. São Paulo: Atlas.

Shimp, T. A. (2002). Propaganda e promoção: aspectos complementares da comunicação integrada de marketing. Bookman.

Thaler, R. H. (2008). Mental accounting and consumer choice. Marketing Science, 27(1), 15-25.

Toscani, O. (1996). A publicidade é um cadáver que nos sorri. trad. Luiz Cavalcanti de M. Guerra, 2.

Viana, F. L. E. (2017). Indústria de bebidas alcoólicas.

Virgilito, S. B. (2017). Pesquisa de marketing: uma abordagem quantitativa e qualitativa. São Paulo: Saraiva.

Zenone, L. C. (2013). Marketing: conceitos, ideias e tendências. Editora Atlas SA.

Downloads

Publicado

2022-06-30

Como Citar

Moreira, K. da S. G., Rodrigues, G. de S., Rocha, L. M., Bezerra, M. A. C., & Castelo, J. S. F. (2022). Estudo sobre a relação do preço e dos gastos com propaganda com Top of Mind das marcas de cerveja com maior market share no mercado brasileiro. International Journal of Business Marketing, 7(1), 45–54. Recuperado de https://ijbmkt.org/ijbmkt/article/view/238

Edição

Seção

Artigos